domingo, 20 de março de 2011

Conselhos Sentimentais: Problemas no casamento

Nossa amiga está angustiada com seu casamento e pede conselhos sentimentais:

"Oi Cris, sou a Lorena do grupo.
Olha, tenho um problema que eu gostaria que vc me desse uma ajudinha: sou casada a 9 anos e tenho esse relacionamento a 14 anos. Desde que nos casamos, estamos tendo aquele probleminha que os casais tem normalmente: a ROTINA. Sendo que de uns tempos pra cá, essa bendita está a cada dia mais complicada.
Temos amor, amizade, companheirismo, mas a minha paciência está se esgotando por falta do tempero do amor. Temos mais amor do que paixão, e não é por minha culpa, mas sim por conta dele. Não sei se ele perdeu o desejo por mim, por conta de eu ter engordado 37 quilos, ou se é o TEMPO que está me dando essa rasteiras, mas o que acontece é que eu continuo sentindo o mesmo por ele, mesmo que ele tenha engordado 30 kg também. Parece que ele perdeu o interesse por mim, e até por ele. O estresse do trabalho diário está causando um certo cansaço nele, mas eu não sei como mudar tudo.
Me sinto uma pessoa que faz parte da casa e não da vida dele. Me sinto irmã, mãe, prima, amiga, menos o que eu sempre quis ser: a mulher.
O que faço? Não quero desistir, mas também não aguento mais. Quero que ele volte a me querer, mas sei que isso não deixou de ser por conta de quilinhos a mais, pois isso já vem de muitos anos atrás, mesmo qdo eu tinha quilos a menos.
Não sei mais o que fazer, e isso me aflinge e me engorda (não pq eu como, não sou assim, mas sim por me estressar e eu reter).
Estou chateada e sem saber o que fazer. Já perguntei, acusei, analisei, falei, mas nada adiantou.
Será que o problema sou eu? Eu não quero o antigo namorado de volta, eu só quero parte dele, pois sei que o que tive, eu não terei totalmente.
Bjs."

Querida amiga,
A rotina realmente é um problema que muitos casais reclamam, principalmente as mulheres, pois parece que para os homens isso não importa muito.
Muitos motivos me vem a cabeça para que isso aconteça, mas o mais importante na minha opinião o mais importante é que a paixão dos primeiros anos acaba e a confiança no outro vai ficando maior, acreditamos (mesmo que inconcientemente) que não precisamos mais fazer tudo para agradar ao outro, o que muitas vezes nos faz engordar, chegar em casa e ver tv ao invés de namorar, vestir uma roupa velha, pra ficar em casa, quando durante o namoro só para falar ao telefone tínhamos que pentear o cabelo rs
Parece que para os homens esse comportamento é mais comum, eles são menos românticos que nós (na maioria).
E o que fazer em relação a isso? Algumas alternativas me vem a cabeça, mas a que realmente acredito que realmente dá certo é a mudança interior e não esperar que o outro mude. Se a rotina está nos cansando, mudemos nós. Procure coisas diferentes para fazer, um trabalho, um curso, uma aula, academia... porque se você sai da rotina pode ter certeza, vai chamar muito mais atenção do seu marido do que conversar, gritar, reclamar... Eles odeiam DR. Mas ficam com a pulga atrás da orelha se veem que a esposa está mudando e aí se forçam a mudar.
O problema não é você, talvez seja a expectativa que você tem para seu casamento e para com o outro (no caso seu marido), ele está sendo quem pode ser...
Claro que tudo que eu falei foi me baseando no que você me contou, no seu ponto de vista, mas posso te garantir que se você mudar, se você sair da rotina vai ver a vida diferente, vai ver seu casamento diferente e até seu marido vai mudar, mas... pense bem se é isso que você quer, pois toda mudança tem consequências, até descobrir que gostava da rotina...
Espero ter te ajudado.

4 comentários:

Anônimo disse...

De: Lorena.

Muito obrigada Cris.
Hj, dia 21/03, estou fazendo 14 anos de relacionamento.
Realmente eu já pensei nisso: em achar algo que chame a atenção. Mas acontece que no início ele reclama e depois ele se acostuma. Penso em emagrecer, voltar a ter corpão 44 e ter o porque dele ter ciúmes, mas às vezes penso que se ele gosta de mim , ele tem que aceitar.
Acho que no fundo eu levo muito a sério essa relação e realmente valorizo demais os casamentos de conto de fadas.
Vou fazer o seguinte a partir de agora: vou deixar a minha relação de lado e cuidar de mim. Fazer o que vc falou e que estou pra fazer a muito tempo. O problema é que eu não sei ver sem falar, mas vou calar-me para não piorar e tentar priorizar-me pra depois pensar nele, rsrs.

Muito obrigada amiga. Vc me analizou e viu o que realmente estou a tempos pra fazer, mas nunca faço. Vc viu o que falta em mim. Valeu mesmo. Que Deus te abençoe e ajude a muito mais pessoas, como vc me ajudou. Bjs.

Anônimo disse...

De: Lorena.

Amiga,

Amiga não precisa ser de carne e osso, pode ser "virtual", rsrs.

Ela não precisa nos conhecer pessoalmente para saber do que precisamos, e o que geralemnte precisamos é de um ombro amigo.

Sabe o que acontece com as amigas não virtuais? Elas nos conhecem o suficiente para nos enrolar, rsrs. Elas sempre acham que falamos demais do que temos, e nunca prestam a atenção no que realmente falamos.

Já as virtuais, ao nos ler, ao querer nos conhecer, elas dão mais atenção aos detalhes e acabam sendo mais carinhosas e atenciosas conosco do que as outras.

Vc Cris, é a minha amiga virtual e dedicando a vc, eu escrevi o texto acima.

Vc já faz parte do meu grupo de amigas REAIS.

Que Deus te abençoe e muito obrigada por tudo.

Bjs. Tenha uma belíssima semana.

Cris Prata on 21 de março de 2011 08:06 disse...

Agora é vc que tem toda razão! rs
Obrigada querida, vc é especial.

Ótima semana pra vc também.

Bjs,
Cris

Anônimo disse...

Olá Cris, não sei como postar aqui, mais vou tentar.
Bom, estou separada a 8 meses e meu ex me largou, o fato é que a mãe dele nos separou, ela não desgrudava e ligava chorando de madrugada e ele não saída da casa dela. Por fim, tivemos muitas brigas, até porque ele não queria fazer o papel de marido e queria ser sustentado por mim.
Além desses problemas, ele apresentava todos os sintomas de um dependente químico , mais ainda hoje não tenho certeza! Mais, durante os meses ( 5) que estivemos casados por algumas vezes coisas de casa sumiam e quando eu notava e falava com ele , elas apareciam debaixo de armários e etc. Por fim, hoje ele fica me ligando e desliga na minha cara, recebo trotes de amigos e sei que é ele pois meus amigos não são disso e sempre somos aberto para falar sobre isso ( entre amigos).No fim do ano recebi muitas ligações do gênero e essa semana passada também, noto que quando eu boqueio minhas postagens no face ele fica ligando e por muitas vezes fica entrando nos meus perfis de redes sociais, o que você acha desse comportamento?

Postar um comentário

Não nos responsabilizamos pelos comentários aqui inseridos. Assim que pudermos liberaremos seu comentário.

 

Conselho Sentimental Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei