segunda-feira, 4 de junho de 2012

Problemas no casamento - Conselho Sentimental

3 comentários Links para esta postagem

Nossa leitora fala sobre os problemas no seu casamento:

Tenho 23 anos e sou casada desde outubro. Meu marido me confessou que antes de me conhecer saia com prostitutas, ou seja,  ele tinha 20 anos na época e era solteiro, ele disse que nesse período transou com ao menos 4 prostitutas diferentes, sempre com preservativo, eu fiquei com nojo, asco dele, não sei se peço o divórcio, ele é doador de sangue e não tem doenças, mas só de imaginar a cena me escandalizo, ele dizia que tinha 20 anos e ainda era virgem, os amigos tiravam sarro e falavam que ele não gostava de mulher, por isso ele ia, mas eu não consigo perder o nojo, se fossem garotas normais que ele tivesse tido um relaciomento normal eu não teria esses problemas! 

Perdi minha virgindade com o meu marido, temos brigado muito, eu fiquei obsessiva com o fato dele ter frequentado prostitutas e várias vezes, fico pensando se ele não engravidou nenhuma e tem algum filho por aí, além de achá-lo desprezivel por ter feito isso, é uma mistura de amor e ódio que tem me destruído e destruído nossa relação. 

Ele hoje é fiel, parece ter mudado, mas não consigo aceitar o passado dele e fico cheia de noias, você poderia me aconselhar? Não temos filhos e eu moro com ele e minha sogra, minha família é de outro estado bem longe, isso também pesa na hora de me separar dele, somos casados no religioso e no cartório, não sei o que fazer da vida, eu não merecia isso, nunca o trai, sempre fui uma boa esposa, aguentei tanta coisa por ele, larguei 2 faculdades, não posso recomeçar minha vida do zero, minhas amigas têm maridos perfeitos, elas dizem que não aceitariam um homem que fez isso, que nós não temos filhos e eu posso me separar e conhecer outras pessoas, mas eu sou tão ligada a ele. 

Me dê uma luz, por favor! 


Cara amiga, 
Você me pede uma ajuda e eu vou ser bem sincera com você. Para mim parece que está tudo errado, mas não com seu marido.

Seu marido confiou uma parte difícil da vida dele para você e você ao invés de apoiá-lo ainda foi contar para suas amigas, que aliás nem parecem ser amigas, já que "fingem" que tem maridos perfeitos. Maridos perfeitos não existem, pois não existem pessoas perfeitas. No caso delas, elas não tem maridos que confiam nelas para contar suas dores, seus defeitos, seus problemas.

Quanto a ter nojo dele ter transado com prostituta, prostitutas são mulheres iguaizinhas a mim ou a você, que por milhares de motivos que não cabe aqui comentar agora sofrem vendendo o que para outras mulheres é simplesmente prazer (se...). Se seu marido se cuidou, não pegou nenhuma doença, não existe motivo para esse nojo. 

Pense bem, qual o motivo para você se escandalizar? Você tem alguma religião (e ele) para que o fato de ter se relacionado com uma prostituta seja um fato tão escandaloso? Até nas religiões um erro é perdoado, você está acima disso?

Seu marido não engravidou ninguém, usou preservativo. Por favor, pare de criar problemas pra você.

Não é seu marido que está destruindo sua relação, é você! Seu marido foi honesto, verdadeiro com você e você criou um problemão para sua vida. Você é jovem e deveria estar lutando ao lado dele por uma vida boa, feliz. Você disse que sempre foi uma boa esposa e ele, como marido, o que ele errou? Em nada pelo que você me conta. 

Você deu um monte de motivos para não se separar do seu marido, mas o mais importante é amá-lo. Se você o ama, siga sua vida ao lado dele, esqueça isso, todos cometemos erros, se é que pode-se dizer que ele cometeu um erro. Sinceramente acredito que ele usou de um expediente para resolver um problema na época e passou.

Tem pessoas com problemas sérios, apanham do marido, maridos infiéis, maridos que são viciados, vagabundos... Você não me falou nada disso do seu marido! 

Seja honesta com você, olhe para dentro e veja qual o motivo dessa sua dúvida. Deixe de lado a opinião dessas suas pseudo amigas, pois dar palpite na vida dos outros é fácil, viver a vida é o difícil.

Querida, espero sinceramente que você pare para pensar e veja se você está usando esse motivo para fugir de um casamento que não quer mais ou simplesmente deixou se levar por más influências. 

O importante é ser feliz. 

Boa sorte! 





Leia mais

domingo, 22 de abril de 2012

Conselho sentimental: Possessividade pode acabar com o amor

4 comentários Links para esta postagem
Conselho sentimental: Possessividade pode acabar com o amor


Um amigo nos escreve pedindo conselho:


"Oi cris , gostaria de sua ajuda , minha namorada viajou para fazer um curso no exterior e ficar 1 mes fora , mas nesse meio tempo eu virei uma pessoa extremamente ciumenta e cobrava muito dela ,a gente brigava diretooo , mas ai certo dia ela pegou e terminou do nada comigo, não me da explicação nem nda
só fala que quando chegar de viagem ela vai me ligar para conversarmos , ela falava que eu estava estragando a viagem dela , mas mesmo assim é motivos para terminar assim do nda?? Agora eu tento me comunicar com ela , ela me ignora totalmente , mandei uma msg pra ela enorme pedindo desculpas me declarando e tudo mais , e bloqueei ela de todos os cantos que eu tinha comunicação com ela pra não correr mais ainda atras, Sera que ela ainda gosta de mim?? Eu não sei mais o que fazer =(
e antes o nosso namoro era muito intenso saiamos todos os dias , ela chorou horrores quando viajou no aeroporto me abraçando , sera q o amor muda assim em tão pouco tempo?
Obrigado Cris. "


Como você mesmo disse, você se tornou outra pessoa, uma pessoa que ela não conhecia até aqui e se assustou. Viagens são ótimas para o crescimento pessoal da pessoa. Pelo que você descreveu, são um casal de jovens e ela quer crescer. Percebeu que você queria podá-la e está tentando se afastar dessa "tesoura".
Não sei se ela ainda te ama, depois de perceber sua possessividade, mas pense bem se o que você sente é amor, pois o amor quer o melhor para o outro...
Ela não terminou com você do nada, pense nisso, ela terminou com você porque você mostrou um lado para ela que ela não conhecia.
Espere ela voltar e te procurar. Nesse meio tempo reflita sobre seu comportamento, sobre suas atitudes e veja se ela deu algum motivo para isso, se fosse ao contrário, você gostaria que ela estragasse sua viagem... Só depois disso vá conversar com ela e voltar? Somente se você perceber que poderão crescer juntos, caminhando lado a lado... quem sabe se isso for verdadeiro ela te dê nova chance.


Boa sorte


Acompanhe este site no Facebook clicando aqui agora
Leia mais

sábado, 21 de abril de 2012

Conselhos Sentimentais: Dúvidas Adolescentes

2 comentários Links para esta postagem
Conselhos Sentimentais: Dúvidas Adolescentes

Mais uma amiga anônima nos escreve pedindo conselho sentimental:


"eu comecei a gostar de um menino a 4 anos atraz e ele ficou a saber disso atravez de amigas minhas, mas mesmu assim n fez nada: deixou passar..
um tempo depois tive que mudar de escola e fiquei sem ve-lo durante 1 ano mas mesmu assim a gostar muito mas muito dele,,, passado um tempo ele procurou-me, ficamos juntos por 1 mes e terminamos porque ele encontrou uma menina por quem se tinha apaixonado e foi atraz dela. ele ia mantendo o contacto comigo e tal encontravamos sempre, falavamos todos os dias e tal : ele fazia com que eu acreditasse que ele gostava de mim e eu entrava nessa mesmo sem saber se e isso ou nao: ele consegui dominar o meu sentimento por ele e eu ate hoje nao consigu perceber se realmente ele gosta ou nao de mim, ja cheguei a pensar que ele tava me usando mas ele convenceu-me que nao era nada disso, ultimamente mal fala comigo, procurame casualmente mas mesmo assim consegue-me deixar mais atraida por ele e no fim chama-me de obssecada! ele namora meninas a minta frente mas mesmo assim no fim vem a traz de mim e nao me deixa namorar com ninguem..... eu nao consigo esquece-lo!!! sinto-me mesmo obssecada e nao consigu descobrir o sentimento dele por mim !
ajude-me por favor, ja nao sei o que fazer!!!"



Essa atitude é muito comum em homens e o pior, também sua reação é a mais comum.
Minha sugestão para você é ser radical, se afastar completamente dessa pessoa que só te suga. No começo dói, mas apesar de velho o ditado é verdadeiro, o tempo cura tudo. Mas é necessário você ter força de vontade para se livrar e ser firme. Só assim você vai fazer sua vida andar para frente.

Se você achar que não consegue sozinha procure ajuda de um profissional (psicólogo), existem alguns bons que fazem inclusive seções de grupo, mesmo em faculdades, que cobram valores acessíveis a todos.


Conte comigo.
Boa sorte!



Acompanhe o site também no facebook, clique aqui
Leia mais

Não quero me comprometer, o que devo fazer? Conselho sentimental

0 comentários Links para esta postagem
Não quero me comprometer, o que devo fazer? Conselho sentimental


Mais um amigo do site Conselho Sentimental fala dos seus problemas e dúvidas.


"Boa noite Cris,


Preciso de um conselho, e nesse caso acho que só uma mulher pode me ajudar: No mês de Janeiro conheci uma garota muito interessante. Ela é inteligente, linda, simpática, enfim, são muitos os adjetivos para classificá-la. A partir desse dia, começamos a conversar com uma certa frequência (quase todos os dias).
No começo do mês de fevereiro, fomos a festa de um amigo em comum e lá acabamos ficando. Foi muito bom! E depois disso, saímos mais 2 vezes. Porém, começaram os problemas: ela começou a me cobrar para nos vermos mais vezes na semana (saíamos uma vez na semana, geralmente na sexta-feira). Ela me dizia que ficava com uma neura tremenda pelo fato de eu nunca sair com ela aos sábados ou domingos. Chegou até perguntar se eu já tinha uma outra pessoa! Só que eu estou em uma fase que, após ter terminado com minha ex, estou aproveitando para fazer coisas que eu me privei na época, como passar mais tempo com amigos, família, me cuidar mais (comecei a malhar), estudar...
Mas aí veio o ultimato! Na quinta feira passada (15/03/12), ela me chamou para sair, porém eu já tinha um compromisso, aí ela desabafou! Disse que não queria gostar de mim por eu ser tão ausente, que tentou entender meu jeito, que iludi ela, que eu não faço idéia o quanto ela já chorou por se sentir rejeitada!
Percebi que essa minha atitude de priorizar o que quero tem magoado ela. E não quero isso! Não tenho direito de magoar ninguém, e muito menos ela!
Na hora pensei em terminar, mas ela começou a me questionar sobre se era isso mesmo que queria, se eu estava com medo, que o medo nos impedia de fazer o que queríamos, se os momentos que passamos juntos não valeriam a pena tentar de novo, um relacionamento saudável, se ver uma vez na semana, pois ela quer ficar comigo. Na hora não consegui mais pensar com a razão e pedi um tempo para pensar. Ela disse que esperaria eu pensar e que era para eu entrar em contato com ela para dar a resposta, pois ela quer mesmo saber se não quero ficar com ela.
De quinta-feira para cá não falei mais com ela, e tive muito tempo para pensar no assunto. Não estou nem dormindo direito de tanto pensar nisso! Cheguei a conclusão de que, para o bem dela, não ficarei mais com ela, pois, como mencionei acima, não tenho o direito de magoá-la devido as minhas escolhas. Quero que ela seja feliz! E tenho certeza que será! Agora a pergunta: como falar isso sem magoá-la e ainda assim tentar continuar ser amigo dela? Ela é especial e não queria perder sua amizade... Sei que minha história pode não ser tão dramática como outras postadas aqui, mas para mim seria importante ter sua opinião!


Desde já agradeço a atenção!"




Olá,


Depois de tudo que vc descreveu acredito que a verdade seja a melhor solução.
Magoá-la você vai de qualquer forma e talvez ela precise de um tempo longe de você. 
Se você realmente está pensando nela também, fale a verdade, que você não está pronto para assumir um compromisso, que deseja nesse momento dar prioridade para sua vida particular, seu divertimento, sua coisas. Gostar ela não vai de jeito nenhum, mas é a verdade e com o tempo vai entender.
Boa sorte


Clique aqui para acompanhar as postagens do site no FACEBOOK
Leia mais

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Vou ficar pra titia... Conselho sentimental

0 comentários Links para esta postagem


"Vou ficar pra titia.."  Nossa amiga Luluzinha, uma menina de 17 anos pede conselho pois acredita que vai ficar encalhada.




LULUZINHA 
oi tudo bem?
preciso muito de sua ajuda amiga por que não consigo ficar com ninguém nem namorar depois q fico no maximo 3 vezes não quero mas,começo a ver defeito em tudo?mim ajuda por favor não aguento mas isso já tenho 17 anos e nunca namorei com ninguém desse jeito vou ficar pra titia.....

Na sua idade as coisas realmente parecem estar no superlativo.
Você ainda está no começo da vida e não ter descoberto a pessoa certa é mais que normal. Me parece é que vc está escolhendo as pessoas erradas para "ficar" e aí não tem como virar namorado.
Outra coisa que você tem que pensar é no fato de que o outro é o outro, tem seus gostos, suas vontades diferentes das suas. Quando queremos transformar o outro não dá certo.
Não tenha pressa, as coisas vão acontecer no momento certo, sem ansiedade vc vai conseguir escolher com muito mais clareza quem vc realmente quer perto de vc.
Como eu já falei aqui inclusive, cada um tem seu ritmo, não atropele seu ritmo e vc será mais feliz.
Boa sorte e se precisar, estarei aqui.

Acompanhe essa e outras postagens clicando aqui
Leia mais
 

Conselho Sentimental Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei